Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2016

Feliz Ano Novo! Adeus Ano Velho?

O Ano Novo se tornou um momento mágico e especial, diferente de outros momentos de passagem na vida individual e familiar, como aniversário, batismo, casamento, etc., pois é coletivo, globalizado e conduzido pelos meios de comunicação. Não tem como ficar de fora.

O Réveillon é ocasião para as resoluções de Ano Novo, quando muitas pessoas já antecipam também os resultados. Junto com a promessa de entrar na academia, muitos já se veem entrando naquele número que não vestia mais, junto com a decisão de batalhar por uma promoção, outros já pressentem a espuma macia da cadeira de chefe no trabalho, e por aí vai.

O filósofo polonês Zygmunt Bauman (que morreu esta semana aos 91 anos) escreveu que “Ano-Novo é a festa anual da ressurreição das esperanças. Dançamos, cantamos e bebemos para saudar a chegada da esperança renascida, ainda firme e intransigente; um novo tipo de esperança – é o que esperamos – imune ao descrédito e ao menosprezo”. Somos tomados pela esperança num mundo melhor colet…

O amor de Deus nas contradições do Natal

Estamos vivendo o clima festivo do Natal. Os lares, igrejas, ruas e praças estão embelezados e iluminados. Assim também está a nossa alma com a maior dádiva que o Natal oferece: o amor de Deus que se tornou carne e tocou a nossa existência humana Esse amor veio habitar o mundo na pessoa de Jesus Cristo, tornando-se pessoa igual a nós, experimentando os mesmos sofrimentos, choros e alegrias. Mas o dom do Natal é que Jesus nos faz experimentar o amor divinal que torna o nosso coração mais aconchegante e acolhedor que a humilde manjedoura que recebeu Jesus na sua primeira vinda ao mundo. E isto é assunto primordial nesta época do ano.
Enquanto muitas pessoas se alegram, muitas outras são tocadas pelo sofrimento e a tristeza de trágicos acontecimentos e lembranças. Natal traz esse paradoxo. A própria mãe do Senhor o experimentou. Quando o velho sacerdote Simeão segurou o Menino Deus nos seus braços e abençoou a sagrada família, também disse à bem-aventurada Maria que “uma espada atravessari…